Pesquisas mostram que, quando os pais acompanham e se envolvem com os estudos dos filhos, as notas aumentam em torno de 20%. Assim, é muito importante perguntar o que seu filho aprendeu nas aulas e mostrar que você está interessado na vida escolar dele.

Outro fator importante é que as crianças e adolescentes assistam às aulas todos os dias, do começo ao fim, para entender as matérias e não perder o fio da meada. Não os deixe faltar sem necessidade! Nem mesmo chegar atrasados. Acompanhar a lição de casa também é fundamental para fixar o aprendizado.

Você pode orientá-los para que cheguem às conclusões sozinhos, além de demonstrar interesse, mesmo se não souber a resposta certa. Lembre-se que se a lição representar um momento de prazer, seu filho vai gostar de fazê-la.

Uma boa estratégia é combinar um horário para os estudos e separar um lugar da casa para isso. Se usar a mesa de refeições, por exemplo, tire o que puder atrapalhar. Ah, não esqueça de desligar a TV a fim de que eles se concentrem nos deveres. Ofereça sempre sua ajuda. Filhos estimulados pelos pais a fazer as lições de casa têm um desempenho melhor.

Atenção: estimular não é fazer as lições por eles, mas ajudá-los a descobrir as respostas por conta própria. E quando o seu filho erra, você conversa com ele? Errar, já diz o ditado, é humano. E faz parte da aprendizagem. Se você tiver certeza de que seu filho está errando, peça para ele ler a resposta de novo ou tirar a prova. Nunca, nunca o chame de burro, de lento, de lerdinho. Cada pessoa tem um tempo para aprender – respeite isso.

Educar para Crescer’, Editora Abril

Por José Renato de Freitas Correia.
Orientador do Método Kumon NI. End.: Rua
Nilopeçanha, 457 – Loja 04.”