Um restaurante que frequento há pouco tempo

Um restaurante que frequento há pouco tempo

Neste carnaval acabei fazendo meu retiro espiritual, no meu esconderijo em Correas, portanto não me enveredei em nenhuma aventura gastronômica nova. Por isso, hoje farei menção honrosa a um restaurante que frequento há pouco tempo; dos seus 36 anos de existência, segundo minhas contas, frequento há 33 anos. Fundado, dirigido e tendo como Chef meu amigo (depois deste tempo todo, acaba virando mesmo), o Sr. Ettore Siniscalchi. No seu início, Ettore abriu um pequeno pastifício em 1981, no então escondido e recém-inaugurado Condado do Cascais, no pouco conhecido e explorado bairro da Barra da Tijuca. A casa cresceu junto com o bairro. Transformou-se em uma pequena cantina, que se ampliou para um restaurante. Já em meados dos anos 1990, com a abertura às importações, o cenário gastronômico no Brasil mudou e, com ele, o Ristorante tornou-se o Ettore Cucina Italiana. (mais…)

Novo restaurante em Itaipava

Novo restaurante em Itaipava

Em novembro de 2015, em Itaipava, foi inaugurado um novo restaurante. Desta vez não um restaurante nos moldes de restaurante de “serra”, mas um local com uma pegada mais urbana, moderninho, despachado e com visual clean. Também pudera, o Matilda tem uma proposta, mas descolada, com uma visão mais politicamente correta na fermentação das massas, que vão dar origem a suas pizzas gourmet muito saborosas (a pedida da casa). (mais…)

RESTAURANTE ALVORADA

RESTAURANTE ALVORADA

Aproveitando ainda o outono para dar outra dica de uma boa refeição. Neste mês vamos falar sobre o Alvorada. Restaurante pequenino e charmoso em Araras. Para quem leu o número passado, fica ao lado do Tartufo, bem na entrada de Araras; no caso um pouco antes, uns 80 metros na mesma calçada. Ou seja, no início da estrada (mais…)

MEUS CAROS

MEUS CAROS

Antes de dar início a mais uma aventura gastronômica, gostaria aqui de expressar minha extrema gratidão aos amigos que tornaram mais feliz e terno o nosso carnaval, dando extremo amor, carinho e atenção a minha filhota Nalu. Sei que amigos nem sempre estão juntos, mas sempre estão presentes; portanto eu, Ana e Nalu mandamos um beijo para os tios Mário, Mourão, Sérgio Arume, Gaspar, Marquinho, Agnaldo e as tias Rosângela, Neide, Bia, Tereza Arume e Fernanda.

Nossa viajem gastronômica vai nos levar hoje ao Lá Bistrô. Assunto, se não me engano, abordado no 4º número dessa

coluna. Então, porque estaria eu falando de novo? Porque o “Lá” fechou e se mudou. Se antes poucas pessoas íam no “Lá” porque ficava muito distante, na estrada das Furnas, lá dentro de Secretário, agora o “Lá” fica bem na chegada de Secretário, precisamente a 1 km do centrinho. Então, vamos Lá!

A dupla Marcelo e Bebeto manteve a ideia original de requinte e charme/ despojamento. O novo “Lá” é elegante, charmoso e despojado. Agora na estrada que dá acesso a Secretário, bem na entrada do hotel Terracota. Um charmoso galpão transformado em um arejado restaurante e cercado de muito verde. Amplo, com mesas dispostas entre sofás e cadeiras de design. Aberto há uns 45 dias, escolhemos o último dia de fevereiro, sábado iluminado por uma bela lua e fresquinho, para um calorento verão, para irmos jantar. Dessa vez, além da minha já famosa equipe, convidamos um casal amigo, Eduardo e Sílvia Andrea. A recepção carinhosa e atenciosa feita pelo Marcelo já nos coloca à vontade para curtir o lugar. Esperamos 10 minutinhos e nossa mesa estava pronta. O serviço continua o mesmo: menu enxuto. O Cheff Bebeto usa sempre os menus sugeridos com entrada+prato+sobremesa, mas também pode-se pedir em separado. Bebidinhas diversas, mas vale lembrar que se quiser vinho leve o seu e o restaurante cobra a rolha. Pedimos o filé suíno com damasco e arroz selvagem e a Sílvia pediu filé com couscus marroquino: todos maravilhosos e bem apresentados. Ainda de entrada, pedi a clássica salada La, divina, e Ana pediu um creme de tomates e ervas muito bom. A sobremesa fala por si própria: uma torta gelada de frutas vermelhas maravilhosa. Ainda vale lembrar que o surpreendente sorvete de quindim com coco torrado ainda faz parte do cardápio. Jantar sereno, clima agradável, a temperatura era de 19 graus, isto em pleno verão do Rio de Janeiro. Boa conversa. Típico jantar no Lá Bistrô. Vamos voltar para almoçar, pois, às vezes, a percepção muda completamente.

Amigo, esta é uma boa opção para passear e almoçar.